zulsidoti@gmail.com (11) 99293-9322
Logotipo Zul Sidoti Psicóloga

Terapias

Atendimento ao Familiar do Compulsivo

Atendimentos aos familiares dos dependentes químicos, chamados codependentes.

Os sistemas familiares geram relacionamentos adoecidos e que são sustentados ou perpetuados, porque as pessoas ligadas aos dependentes químicos (os compulsivos) sentem-se presas nesta armadilha. A isso chamamos de codependência, que significa “Tomador de Conta”.

O codependente fica cego, iludido, crê que sua felicidade está no outro, que é impossível viver sem aquela pessoa do seu lado. Ela deixa o comportamento da outra afetá-la e fica obcecado em controlar o comportamento dessa outra pessoa.

Pare de buscar felicidade em outras pessoas. Aprenda a centrar em si mesmo.

Voltar para si mesmo pois temos fontes de felicidade e possibilidade de fazer escolhas.

É preciso desenvolver um núcleo pessoal de segurança emocional dentro de si próprio.

Você pode aprender a depender de si mesmo.

Talvez muitos não estiveram presentes na sua vida, mas podemos estar presente em nós mesmos.

A codependência se instala quando o familiar se torna compulsivo as drogas, álcool, compras, internet, jogos, sexo, etc..., e com isso vai perdendo o controle de sua vida, abandonando suas responsabilidades. Neste momento a família começa a assumir as funções do dependente.

A codependência faz o indivíduo ficar aprisionado no outro, e passa a sofre as consequências dos erros que aquele comete.

Torna-se escravo do outro, acreditando que o está ajudando. Precisa parar de controlar e cuidar de si mesmo. Se faz necessário uma libertação, uma cura da codependência, numa mudança de comportamento e de atitude mental.

Essa dinâmica adoece a família como um todo. A Psicoterapia breve vai ajudar as formas de estabelecer vínculos saudáveis e seguros.

voltar